InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Breanna Bennett

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Breanna Bennett

avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1187
Data de nascimento : 26/11/1992
Idade : 24
Emprego/ocupação : Desempregada
Sexualidade : Heterossexual
Estado Civil : Comprometido

MensagemAssunto: Breanna Bennett   16/12/2009, 18:50

DADOS ON

Nome completo: Breanna Bennett
Apelido: Bree, B
Data de nascimento: 26/11/1992
Idade: 17 anos
Local de nascimento: Nice, França
Estado civil: Solteira
Sexo: Feminino
Sexualidade: Heterossexual
Idiomas: Inglês, francês e alemão
Curso/Profissão: Estudante (HS - 12th Grade/Senior)
Moradia: Residência dos Willians - 639 Geary Street, Nob Hill, San Francisco, CA, EUA


APARÊNCIA

Altura: 1,74m
Peso: 53kg
Físico: Pele branca com facilidade para ficar bronzeada, corpo muito magro, alta e esguia, coxas finas, pernas longas, cintura fina, seios razoavelmente pequenos, proporcionais ao seu corpo. Cabelo castanho claro, ficando meio dourado ao sol, levemente ondulado e comprido abaixo dos ombros. Olhos muito azuis levemente puxados para os lados, lábios e nariz finos, rosto de traços delicados. Mãos grandes, com dedos longos e finos, as unhas sempre compridas e pintadas de cores fortes. Tem corpo e porte de uma mulher já feita, apesar de ainda ter 17 anos.
Outros: Duas tatuagens, uma borboleta na nuca e uma serpente asteca no pé direito
Personalidade usada: Daria Werbowy


BIOGRAFIA
[*]Pai: [NPC] Benjamin Volchok Bennett. Homem de negócios, Ben é um grande engenheiro civil que conseguiu se sobressair construindo grandes e importantes prédios. Alguns dos mais importantes prédios econômicos e residenciais da Califórnia passaram por sua mão e carregam sua assinatura, e ainda possui construções que a planta foi primeiro analisada por ele, antes que começassem as obras, mesmo sua empresa não estando encarregada da realização da obra. É um homem influente, rápido em suas ações e que por seu carisma conseguiu envolver seu nome em grandes transações comerciais. Investe em ações é um dos moradores de Newport Beach que mais possui ações reunidas de hotéis, sendo elas não majoritárias, mas que lhe garantem algum lucro. Benny tem 45 anos e é forte de saúde. Sempre prezou pela boa aparência intelectual e física. Nasceu em New York e se formou em Yale. Logo que se formou casou-se com Francesca, uma menina que conheceu em uma grande festa de filantropia em New York. Fran era uma estudante de moda de Paris (École Internationale de Mode) que passava suas férias ali, com os pais. Acabaram se casando mais por interesses do que por paixão, já que Francesca era filha de uma grande político e uma rica francesa, que ganhara uma certa quantia de herança dos pais pela venda de sua rede de restaurantes na França. Enxergou ela uma oportunidade de conseguir seus primeiros apoios econômicos para a "construção" de seu nome. Na época, Fran ainda não havia terminado seu curso, mas se casaram mesmo assim, e Fran o via apenas nas férias ou quando ele ia visitá-la. Fran logo ficou grávida, tendo gêmeas bivitelinas, Ella e Helena, que nasceram na França, em meio ao Festival de Cannes, onde Fran estava trabalhando com os vestidos de algumas das celebridades que passaram por ali. Algum tempo depois teve mais uma filha, a qual chamou de Marie Katie. Mas Ben acabou se envolvendo com outra mulher, Nancy Livington, que ficou grávida na mesma época em que Fran estava gerando MK. Assim, Benny acabou assumindo a filha, após pressão da mulher. Nancy deu o nome de Breanna à filha bastarda da família Bennett. Ben nunca mais traiu sua mulher, mas possui uma vida obscura, onde consegue tudo o que quer e na hora que precisa. Apesar disso, se mostra uma pessoa extremamente bondosa. Manda mensalmente uma boa quantia para garantir boa vida a sua filha Breanna, que vivia em internatos na Europa desde os 11 anos por ordem de sua mãe, e faz filantropia. Um dos seus maiores feitos e orgulho é ter aceitado o filho de um de seus jardineiros como se fosse o próprio filho. Notando uma certa dificuldade do seu empregado em poder conciliar a criação de seu filho com o emprego, decidiu que daria educação e opções similares a de suas filhas ao seu novo "filho", que poderia ter, assim, acesso a coisas de um mundo totalmente diferente do pai. E tem nele o xodó por ser o único homem da casa. Com Brian Carter, Ben pode fazer coisas que nunca faria com suas filhas e realizar o sonho de todo pai, ter um filho homem.

[*]Mãe: [NPC] Nancy Livington Willians. Nasceu em Newport Beach e foi criada pela mãe para ser uma perfeita oportunista. Conheceu Benjamin e logo viu uma chance de subir na vida sem precisar fazer muito esforço. Seduziu-o e conseguiu engravidar, sem dar a mínima para o fato dele já ser casado com Francesca. A esposa acabou descobrindo a traição e a gravidez de Nancy e após o nascimento de Breanna, foi feito um exame de DNA e comprovada a paternidade. Benny então registrou a filha com seu sobrenome, mas a via muito pouco, quase nada, uma vez que Fran deu uma quantia exorbitante em dinheiro para que Nancy saísse dos EUA e da vida da família Bennett, junto da bastarda. Nancy então se mudou com Bree para a França, onde moraram até os 10 anos da menina. Quando o dinheiro começou a faltar, Nancy voltou ao país natal a fim de conseguir mais dinheiro com Francesca. Ao que a esposa de Benny não aceitou a chantagem, ela se instalou na cidade, conheceu Richard Miller, um empresário muito rico, e o seduziu, como fez com Benjamin anos antes, mandando Bree a um internato na França por não querer que a menina atrapalhasse seus planos. Casou-se com Miller e viveu com ele por cerca de dois anos, então Richard faleceu e Nancy herdou todo o dinheiro do marido. Breanna visitava a mãe e o pai nas férias e em alguns feriados e finais de semana, sem ter muito contato com Francesca ou suas filhas, por ordem da madrasta. Nancy tinha muito dinheiro e muitos amantes, mas vivia sozinha e se sentia solitária, mesmo que jamais tenha admitido isto. Ainda gosta de infernizar Francesca a fazendo lembrar todo momento que Benny a traiu. Quando Bree fugiu do internato francês pela primeira vez, Nancy só ficou sabendo após a menina já ter sido encontrada e levada novamente em segurança pelas freiras, e não deu muito mais importância do que daria a uma sandália estragada. Na verdade daria mais atenção a sandália do que à filha. Quando Bree foi expulsa do internato francês aos 14 anos, Nancy não se demorou a encontrar outro na Alemanha, assegurando-se de que a filha não viesse para NPB outra vez e estragasse os planos que ela tinha de seduzir outro milionário, o que acabou não dando certo mesmo com a filha longe.
Quando Breanna fugiu do internato alemão e voltou para os EUA Nancy ficou furiosa querendo levá-la de volta, mas diante da rebeldia da filha e do apoio do pai da garota, foi obrigada a ceder. Mesmo assim, chantagiava a filha a frequentar um terapeuta para "colocar sua cabeça nos eixos", ameaçando-a com dinheiro, dizendo que ia cancelar seus cartões de crédito, suspender sua gorda mesada e convencer o pai a mandá-la de volta a Alemanha. Como Bree sabia que a mãe conseguiria dobrar Benny e convencer Francesca a mandá-la de volta a Europa rapidinho, acabava frequentando o terapeuta, mesmo que não levasse as sessões a sério e não deixasse que o médico se aproximasse demais dela, sem admitir seus problema e sem dizer nada que denuncie sua rebeldia.
No dia 23/02/2010, Nancy casou-se com Victor Willians, um bilionário de San Francisco com quem já vinha mantendo um relacionamento de alguns meses. Como o novo marido é muito "família", Nancy resolveu levar Breanna para morar com eles, em SF, fingindo que é uma mão atenciosa.

[*]Madrasta: [NPC] Francesca Colette Dürst Bennett. Uma estilista que ganhou reconhecimento das celebridades após desenhar vestidos maravilhos pra Paris Fashion Week e San Francisco Fashion Week. Logo após sua aparição nestes eventos de moda, foi chamada para comparecer e opininar em vários outros, mas o principal de sua vida foi seu terceiro Festival de Cannes, onde teve suas duas primeiras filhas em meio ao tumultuo de flashs e babados. Se casou com um engenheiro civil que a fez mudar seus planos de ser uma estilista de passarela. Acabou voltando para os Estados Unidos e abrindo um o estúdio de designer de moda, ao qual colocou o nome de Fran Collette, na Califórnia, onde passou a morar com seu marido. Produz peças para festas e para as madames que necessitam de peças ousadas, perspicazes e únicas. Nenhum modelo seu jamais foi copiado e nenhum caimento de suas roupas não fica perfeitamente adequadamente ao corpo da "modelo". Seu maior cartão é o uso dos vestidos por ela feito. Dentro de seu ateliê suas frustrações e suas ambições são saciadas. Cada roupa é feita especialmente baseada em cada detalhe que Fran abstrai da compradora. E para aquelas pessoas que não gostam de medições e arranjos há uma loja com peças aleatórias por ela desenhadas. Sua vida nunca entra com ela em seu local de trabalho e por isso seus maiores temores nunca foram para a boca de sua clientela. Poucos sabem sobre a traição de seu marido, já que ela pagou para que Nancy mantivesse sua filha longe dos EUA. Apenas aqueles que têm contato mais direto com a família ou acompanham o jornaleco de fofocas "Californication", de Newport Beach, sabem da história ou de partes dela.
Para "punir" sua filha-bastarda, a usa em alguns de seus desfiles mas nunca a coloca com os vestidos destaques, por mais que fiquem perfeitos em Breanna. Sempre usa e abusa da menina e raramente paga por seus serviços. É mau humorada com a menina e faz de tudo para que ela não se enquadre na vida de suas filhas e de seu marido, pois é sua maior vergonha.
Porém, Fran também não é perfeita, mesmo que saiba encobrir as coisas que faz sem deixar rastros. A descoberta de sua segunda gravidez logo se deu no mesmo momento que descobrira a gravidez de Nancy. E apesar de Benny estar esperando a vinda de mais duas filhas, mal sabia ele que apenas uma era realmente sua filha... e não era a de sua esposa. Fran traiu seu marido várias vezes com modelos, professores de suas filhas e até com alguns desconhecidos de festas e, em uma das mais promíscuas traições, engravidou do irmão de seu marido, Ferdinand Volchok Bennett, e só veio revelar isso anos depois em circunstâncias totalmente inoportunas. Com todas estas coisas, acabou se tornando uma mãe fria, distante, focada no trabalho e totalmente promíscua. Foi pega uma vez pela filha mais velha, Ella, na biblioteca em posições traumáticas com um dos jardineiros. O rapaz foi despedido e o caso abafado. Benny, apesar de tudo, não desconfia da mulher, por achar que ela somente o perdoou pelo caso com Nancy por amá-lo acima de tudo.

[*]Irmãos: Ella Dürst Bennett (18), Helena Dürst Bennett (18) e Marie Katie Dürst Bennett (17) pelo lado do pai. As duas primeiras, biológicas, já MK é filha somente de Francesca, porém, criada por Benny como sua filha natural. E Brian Carter (17), adotado pelos Bennett. Mark Willians (23) e Max Willians (21), não biológicos, filhos de Victor, atual marido de Nancy.

[*]Outros parentes: Ferdinand Volchok Bennett [Tio – NPC] e Caleb Owens Bennett [Primo – NPC]. Victor Willians [Padrasto - NPC]. Lilah e Ohana Dixon [Primas].

Nasceu em Nice, na França, filha de Nancy Livington e Benjamin Bennett, fruto de um adultério pela parte do pai. Benny é casado com Francesca Colette Dürst Bennett, estilista, e tem três filhas com ela, Helena e Ella, gêmeas, e Marie Katie, um ano mais nova que as outras. Breanna nasceu no exterior pois ao descobrir a gravidez da amante de seu marido, Francesca pagou para que Nancy saísse de suas vidas, fosse morar aonde bem entendesse, desde que fosse longe da família Bennett. Nancy aceitou a quantia exorbitante de dinheiro e partiu para a França, só pq sabia que Francesca era francesa, numa forma de provocação. Benny assumiu a paternidade assim que Bree nasceu, após um exame de DNA, mas ela só visitava o pai durante as férias, enquanto vivia na Europa, longe das outras filhas já que Francesca não deixava que as meninas se aproximassem muito da bastarda. Breanna cresceu com essa fama de "bastardinha" da família Bennett.
Ela e a mãe mudavam de cidade frequentemente. Bree estudou em várias escolas francesas, nunca por mais de um ano completo. Dessa forma, não conseguia fazer muitos amigos e sempre acabava perdendo o contato com os colegas que conhecia.
Cerca de dez anos após o nascimento da filha o dinheiro estava acabando, então Nancy voltou aos EUA exigindo mais dinheiro para permanecer longe. Ao que Francesca negou dar mais dinheiro, Nancy se instalou na cidade natal outra vez, junto da filha.
Aos 11 anos de Bree, Nancy conheceu Richard Miller, um empresário milionário, e enviou a filha a um internato francês para que não atrapalhasse seus planos de seduzir Richard. Bree conheceu Sophie Arnaud, que se tornou sua melhor amiga durante os tempos de colégio. Era muito rebelde dentro do internato, colocando as freiras quase loucas. Furou as orelhas com Sophie escondido, usando agulha, maçã e gelo, vivia fugindo das aulas e se escondendo num bosque que havia atrás do colégio para ler, escrever ou apenas para ficar deitada na grama, numa clareira, olhando o céu e ouvindo música no seu antigo CD player e, mais tarde, no IPod. Lá conheceu também Henry Falcon, garoto no qual deu seu primeiro beijo. Tentou fugir inúmeras vezes, sendo encontrada e levada de volta todas as vezes até ser expulsa por má conduta e péssimo comportamento após xingar uma professara em inglês, aos 14 anos. Voltou para Newport Beach, mas Nancy não se demorou a encontrar outro internato para a filha na Alemanha, então Bree só morou na Califórnia por cinco meses, época na qual decidiu que queria ser modelo. Caminhando pelas ruas de NPB trombou com um fotógrafo profissional chamado Carter Stonem, que a convidou para posar para um ensaio. Bree topou e fez algumas fotos com ele. Elas foram colocadas em revistas e anúncios pela cidade e Breanna adorou aparecer sem que fosse pelo fato de ser a "bastardinha da família Bennett" e sim por seus próprios méritos... ou, neste caso, por sua própria sorte. Nessa mesma época conheceu Zeck Thompson, um DJ, por quem se "apaixonou" a primeira vista, como gosta de dizer. Se deram tão bem que são melhores amigos até hoje e Bree chegou a fugir do internato na Alemanha várias vezes só para vê-lo quando ele estava por lá.
Durante esse pequeno intervalo em que morou na Califórnia, Bree se aproximou involuntariamente das irmãs e acabou desenvolvendo certas formas de agir com cada uma.
Após esses cinco meses Breanna foi obrigada pela mãe a ir para a Europa outra vez. Continuava sendo "a garota americana rebelde", desobedecendo as regras, arriscando fugas infantis e sendo levada de volta. Nesse internato conheceu Eckhard Edelmann, aos 15 anos, e perdeu sua virgindade com ele, numa noite em que fugiu de seu quarto e invadiu o dormitório do garoto. Demorou para se acostumar ao novo idioma, amaldiçoando a mãe toda vez que precisava fazer alguma aula de alemão.
Lá não fez nenhum amigo verdadeiro, como Sophie - com quem se comunica até hoje - mas fez fama por ser doidinha e não se deixar controlar, tendo assim muitos conhecidos.
Teve muitos casinhos, mesmo sendo proibido namorar nas dependências do internato.
Aos 15 anos, nas férias de final de ano, voltou para Newport e encontrou Easy Goldwing. Teve um relacionamento rápido com ele. Ela afirma ter levado apenas na brincadeira, mas ele teria dado a entender na época que estava apaixonado. Ela não manteve contato com ele de propósito, dizendo que ele era "chato e imaturo", como se ela fosse muito mais velha ou muito superior. Na verdade não queria se envolver mesmo com alguém, principalmente alguém com quem não poderia manter contato direto por muito tempo. Nunca acreditou em namoro a distância. Na verdade nunca sequer acreditou no amor.
Bree voltou para a Alemanha mesmo detestando e querendo ficar nos EUA.
No seu aniversário de 16 anos, em novembro de 2008, Bree voltou a Califórnia, mas não houve festa alguma. Como Ben esqueceu o aniversário da filha, ofereceu "qualquer coisa que ela quisesse" como presente. Breanna pediu uma quantia absurda em dinheiro para se "vingar" do pai, alegando que ela mesma queria escolher o seu presente e, para sua surpresa, Benjamin deu, sem fazer perguntas. Com a ajuda de Zeck, Bree conseguiu comprar a moto que tanto queria e aprendeu a pilotar com o amigo também. Nancy quis devolver a moto, chamando-a de "máquina de fazer cadáveres", mais preocupada em perder o dinheiro do que com a possível morte da filha. Benjamin não ligou muito. Bree só teve de provar que conseguia pilotar a moto e o pai liberou. Contudo, Bree não tem carteira.
Em março de 2009, depois de influenciar os outros internos a uma rebelião de comida no horário do almoço, juntando a rebeldia já conhecida e as tentativas de fuga, foi expulsa do internato alemão. Sem que a mãe soubesse, uma vez que não foi localizada pela diretora do internato, Bree coneguiu voltar para a Califórnia sozinha, usando a ID falsa dada por Zeck quase um ano antes. Ao chegar na casa da mãe, com as malas na mão, Nancy deu um escândalo e prometeu mandá-la de volta. Breanna discutiu feio com a mãe, juntou suas coisas e foi pedir abrigo na casa do pai, que a abrigou, obviamente, dando apoio a ela e prometendo ajudá-la a se livrar do internato. Quem não gostou nada disso foi Francesca, que queria a bastarda o mais longe possível de suas filhas. Mesmo assim, Bree acabou ficando na casa dos Bennett e sendo matriculada no colégio onde as outras filhas de Benjamin e Fran estudavam, o Sage Hills School.
A "bastarda" acabou se aproximando ainda mais das irmãs, mesmo que ainda não fossem amigas de verdade. Conheceu Louise Fields, em quem deu seu primeiro - e até agora, único - beijo homossexual, e Erick Fletcher, por quem, inevitavelmente, se apaixonou. Não sabe demonstrar muito bem seus sentimentos por ele, mas como ele não é assim tão diferente, acabam se entendendo, e chegaram a namorar durante um tempo antes que ela precisasse se mudar para San Francisco. Por conhecer Erick e sua fama de "pegador", por medo mesmo de ser traída e por acreditar que tudo daria errado se namorassem a distância, Bree terminou com ele. Mesmo assim, sempre estão falando um com o outro, visitando-se e, toda vez que se encontram acabam ficando.
Conheceu também em NPB o advogado Matthew Mountbatten III, por quem criou uma admiração bem grande. Foi ele quem a ajudou a sair da cadeia, quando foi presa junto de Fletcher e mais alguns colegas, depois de uma briga num luau na praia.
Bree vive se metendo em encrencas. Teve sua moto confiscada pelo pai após a prisão, já pulou várias vezes a janela do quarto para ir em festas ou simplesmente para sair de casa. Vivia batendo boca com a madrasta e já chegou a sair da casa dos Bennett por quase dois meses, até que o pai foi até a Flórida, onde ela estava numa das casas de Nancy, e pediu que ela voltasse. Mas na verdade só faz essas coisas pra chamar a atenção, já que os pais ligam muito pouco para ela. Viajou para NY com Erick sem avisar ninguém e ficou lá por quase duas semanas, só voltando quando o garoto foi expulso de casa pelo pai e ficaram, ambos, sem dinheiro lá.
Graças a influência do pai, Bree não repetiu o 11th grade no colégio, mas foi por muito pouco e teve que fazer várias provas para conseguir passar de ano.
No seu aniversário de 17 anos, em 2009, ganhou um cachorro de Erick, um labrador, que deu o nome de "Ericão", por causa de uma brincadeira com o - até então - namorado.
Tudo começava a entrar nos eixos quando Nancy anunciou que casaria novamente. E dessa vez com um homem que morava em San Francisco, Victor Willians. Como Victor é um homem extremamente família e carinhoso, convidou Breanna para morar com eles em San Francisco. Bree recusou, mas acabou sendo convencida pela mãe que, obviamente, só quer usá-la para chamar a atenção do milionário. O casamento foi no dia 23 de janeiro de 2010, data em que Bree se mudou definitivamente para a nova cidade.


PERSONALIDADE
Independente, com uma personalidade muito forte e explosiva. Consumista, vaidosa, inquieta, ansiosa, insegura, mesmo que sempre demonstre ser a pessoa mais segura do mundo. Detesta hipocrisia e futilidade, mesmo sendo bem futil e hipócrita de vez em quando. É esperta e viva e dificilmente a passam para trás. Gosta de se divertir e é meio egoísta, pensando no seu próprio bem estar, na sua própria vontade antes de pensar nos outros. Razoavelmente mimada, sempre teve tudo que pediu e quis. O pai tem outra família e sua atenção dividida entre mais três filhas e um filho "adotivo", o que Bree sempre detestou. Tem um jeito elegante e sedutor de andar, se movimentar e agir, mas nem se dá conta disso. Determinada, quando coloca algo na cabeça faz de tudo para conseguir seus objetivos, sem se importar muito com o caminho que terá de seguir. "Os fins justificam os meios", é um de seus pensamentos mais recorrentes. Adora dançar e cantar, fala fluentemente francês e alemão, pois morou nos dois países por vários anos, em colégios internos. É meio rebelde, fazendo de tudo para contrariar as vontades da mãe e da madrasta, Francesca. Tem uma moto, fez tatuagens e gosta de infernizar a vida da madrasta, por quem tem uma antipatia (não tão) gratuita. Desfila quando Francesca a convida, sabendo que ela só faz isso para atormentar sua vida, uma vez que é proibida pelo pai de cobrar cachê da madrasta. Aceita só por gostar mesmo de desfilar e tirar fotos, mas apenas por hobby. Dos membros da família Bennett, MK é a mais parecida com Bree no jeito de pensar e agir, mas mesmo assim são muito diferentes. Gosta de Ella e chega a admirá-la às vezes, mas jamais demonstra, prefere fingir que não gosta de ninguém da família e vive implicando com a irmã mais velha. Brian, o "potinho de ouro" da família é a pessoa com quem Bree é mais carinhosa, por considerá-lo o membro mais frágil do grupo. Helena e Bree se dão muito bem. Bree a considera a mais sensata da família e a mais divertida, mas não chega a adorá-la. Considera o amor "perda de tempo" e um "obstáculo para realizar seus sonhos", mas acabou se apaixonando por Erick Fletcher, contrariando todos os seus pensamentos. Mesmo assim não é muito romântica, já que nem sabe demonstrar direito os sentimentos que tem, morrendo de medo de se machucar. É completamente confusa nessa área.
Odeia crianças e não quer ficar grávida ou ter filhos nunca. Nem casar ela quer, nem quando era criança sonhava com isso, como acontece com a maioria das meninas.
Gosta de ler, mas odeia ser obrigada a estudar.
Tem uma dificuldade gigantesca em engordar, pode comer muito de tudo e continua magrela. Gosta de correr e andar de bicicleta, mas é bem preguiçosa, então até sair para malhar é uma batalha. Ama em absoluto seu cabelo, talvez até morrendo se algo acontecer com ele.
Tem vergonha de ser filha de Nancy e sempre faz de tudo para mostrar que não é como ela.
Não consegue usar drogas. Sempre que tenta passa muito mal, tendo dores de cabeça fortes e enjôos. Acha que é coisa de organismo mesmo, mas nunca admite isso para ninguém e nem procura saber porquê isso acontece. Prefere não usar, já que não é algo necessário para se divertir. Fraca para bebidas alcoólicas, fica bêbada com dois goles. Entretando, nunca passou mal. Sempre que bebe em excesso acaba dormindo assim que se encosta em algum lugar propício.
É bastante criança de vez em quando e considerada meio maluca por quem não a conhece direito, por seu jeito espontâneo de fazer e falar as coisas.
É bem carente de atenção, tudo por causa da família louca que tem e que não faz muita questão da presença dela. Sente que não tem lugar certo no mundo e que ninguém sentiria sua falta se desaparecesse de repente. Seus planos para o futuro são: terminar a HS e sair pelo mundo, sem destino certo. Junta dinheiro desde os 13 anos com esse único propósito, sem gastar toda a gorda mesada que recebe, vendendo várias das coisas que ganha e que não gosta ou não utiliza, e aproveitando que o pai sempre esquece dela e das datas especiais referentes a ela para pegar o máximo de dinheiro dele que pode. É uma forma bem infantil de se vingar dele também.


ANOTAÇÕES DIVERSAS
Twitter



DADOS OFF

Nome completo: Aline Heibel
Apelido: Heibel
MSN: ahom5@hotmail.com
Outros personagens: Alan Harvey, Jake Pahinui, Mae Fairmont, Simon Appleby, Tate Rhiver
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Breanna Bennett
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Off :: Fichas-
Ir para: